18/07/2013

Pessoas negativas, afaste-se delas!

  Colocaram um ovo de águia num ninho de galinha da campina. O ovo chocou, e a pequena águia cresceu achando que era galinha; fazia tudo o que as galinhas faziam. Ciscava o chão em busca de sementes e cacarejava. Nunca voava muito acima do chão porque isso era o que as galinhas faziam. Certo dia, essa águia viu uma outra águia voando no céu, com graça, majestade, e perguntou às galinhas:

 - Que belo pássaro é esse?
 - É uma águia - responderam. - É um pássaro notável, mas você não pode voar como ele porque não passa de uma galinha da campina.

  E a águia nunca questionou isso, acreditando ser verdade o que ouviu. Viveu e morreu como galinha, privando-se de seu legado por causa da falta de visão. Que desperdício! Nascera para ser vencedora, mas fora condicionada a perder.

  O mesmo ocorre com a maioria das pessoas. É o que diz Oliver Wendall Holmes sobre um aspecto infeliz da vida: "A maioria das pessoas vai para o túmulo sem revelar ao mundo a música que havia dentro de si. "Não alcançamos a excelência em função de nossa própria falta de visão.
  Se você quer voar como uma águia, precisa aprender a agir como tal. Se você se associar a pessoas realizadoras, você se tornará um deles. Se se associar com pessoas que doam, você também se tornará uma delas. Se se associar com pessoas negativas, você se tornará uma delas.
  Sempre que alguém for bem-sucedido na vida, pessoas mesquinhas tentarão destruí-lo, puxá-lo para baixo. Quando nos recusamos a brigar com gente mesquinha, saímos vencedores. Em artes marciais, ensinam que, quando alguém ataca, deve-se sair para o lado, em vez de resistir com o corpo. Por que? Resistir com o corpo exige energia. Por que não usar a energia de modo mais produtivo? Do mesmo modo, para brigar com gente mesquinha, é preciso descer ao nível delas. É isso o que elas querem, e passa-se a ser uma dessas pessoas.
  Não deixe que as pessoas negativas o puxem para baixo. Lembre-se de que se julga o caráter de uma pessoa não apenas pelas companhias que ela mantém, como também pelas companhias que evita.
Postar um comentário